A Praticagem do Rio de Janeiro rece­beu, na quar­ta-fei­ra (21/7), uma visi­ta de mem­bros do Tribunal Marítimo. A comi­ti­va, capi­ta­ne­a­da por seu juiz-pre­si­den­te, vice-almi­ran­te Wilson Pereira de Lima Filho, era com­pos­ta por outros qua­tro juí­zes, uma juí­za-Suplente e três assessores.

Além de estrei­tar os laços entre as ins­ti­tui­ções, a visi­ta teve o pro­pó­si­to de apre­sen­tar aos inte­gran­tes da Corte Marítima o novo cen­tro de ope­ra­ções da pra­ti­ca­gem e o simu­la­dor de mano­bras recém-instalado.

O Tribunal Marítimo é um órgão autô­no­mo, vin­cu­la­do ao Comando da Marinha, e auxi­li­ar das deci­sões do Poder Judiciário. Tem como mis­são prin­ci­pal jul­gar os aci­den­tes e fatos da nave­ga­ção em todo o ter­ri­tó­rio naci­o­nal, divul­gan­do os ensi­na­men­tos colhi­dos em cada caso para que as ocor­rên­ci­as não se repitam.

Leia mais sobre o simu­la­dor da Praticagem do RJ:

https://www.praticagemdobrasil.org.br/praticagem-do-rj-instala-moderno-centro-de-simulacoes/