Praticagem da Barra do Pará mostra que todos podem se unir contra o sarampo

O Ministério da Saúde está em uma nova Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, imunizando crianças de seis meses a menores de cinco anos, até 25 de outubro; e adultos de 20 a 29 anos sem a caderneta em dia, a partir de 18 de novembro. Todos, porém, podem unir esforços para ampliar a cobertura contra a doença. Foi o exemplo que deu a Praticagem da Barra do Pará há pouco mais de um mês.

Preocupada com a saúde e o bem-estar de seus colaboradores, a entidade promoveu, em 10 de setembro, um Dia D de vacinação. A ação – em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Belém, que se deslocou para a sede da Praticagem – realizou a imunização de 80% do efetivo da Barra do Pará.

No dia 4 de outubro, o Ministério da Saúde divulgou que o Brasil registrou, em 90 dias, 5.404 casos confirmados de sarampo, com seis óbitos. A doença também pode levar a complicações como cegueira. A meta do governo federal é vacinar 20% da população, que hoje está suscetível ao vírus. A faixa etária de 20 a 29 anos concentra a maior parte desses brasileiros, mas são os menores de cinco anos o grupo mais propenso a complicações.

Tire suas dúvidas sobre a doença, como causas, sintomas e tratamento, na página: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/sarampo