Zonas de Praticagem (ZP) é a área geográfica delimitada por força de peculiaridades locais que dificultem a livre e segura movimentação de embarcações, exigindo a constituição e funcionamento ininterrupto de Serviço de Praticagem para essa área.

A Diretoria de Portos e Costas (DPC) é quem estabelece as Zonas de Praticagem.

O serviço de Praticagem, considerado atividade essencial e está permanentemente disponível nas vinte e duas zonas de praticagem estabelecidas.

01 - ZP Fazendinha (AP) - Itacoatiara (AM)

Esta Zona de Praticagem está compreendida a partir do paralelo 00º 03´S (Fazendinha-AP) para o interior do rio Amazonas, aí incluídos os acessos pelo Canal Sul até a cidade de Itacoatiara-AM, ou o acesso pela região dos estreitos a sudoeste da Ilha de Marajó, a partir da Ilha de Mosqueiro-PA até a cidade de Itacoatiara-AM. Os serviços neste trecho da ZP são obrigatórios.

No trecho compreendido entre o acesso pela barra norte, a partir da bóia número 02 do Canal Grande do Curuá até o paralelo 00º 03´S, os serviços de praticagem estão disponíveis ao navegante em caráter facultativo.

As hidrovias principais de praticagem dessa ZP são:
1. Entre o porto de Belém-PA e o porto de Macapá-AP, por meio da região das Ilhas;
2. Entre o porto de Belém-PA e a cidade de Itacoatiara-AM, através da região das Ilhas; e
3. Entre o porto de Macapá-AP e a cidade de Itacoatiara-AM.

O Canal Norte do rio Amazonas (do mar para o interior), o Canal Sul, e os acessos às regiões das Ilhas e Estreitos, bem como os rios Jarí, Tocantis, Xingu, Tapajós e Trombetas são hidrovias extensivas desta ZP.

Os navios que demandam o porto de Itacoatiara-AM ou terminais existentes naquela cidade, não necessitam trocar de prático, pois ambas as praticagens estão habilitadas para as manobras necessárias. Os navios que zarpam do porto de Itacoatiara-AM ou terminais, e demandam em direção à foz do rio Amazonas, necessitam apenas solicitar práticos da ZP Fazendinha-Itacoatiara.

* UNIÃO DOS PRÁTICOS DA BACIA AMAZÔNICA ORIENTAL LTDA. – UNIPILOT
http://www.unipilot.com/

02 - ZP Itacoatiara (AM) - Tabatinga (AM)

Essa Zona de Praticagem está compreendida a partir do través da cidade de Itacoatiara à montante para o interior, constituída de todas as suas hidrovias, portos e terminais até a cidade de Tabatinga.
Somente os navios que estejam passando ao largo de Itacoatiara que não forem atracar naquele porto, deverão efetuar a troca de prático.
A hidrovia básica da Zona de Praticagem é do través da cidade de Itacoatiara até o porto de Tabatinga.
Os rios Madeira, Negro, Branco, Purus, Acre, Japurá, Juruá e Iça são consideradas hidrovias extensivas desta zona de praticagem.
A praticagem nesta ZP é obrigatória.

* PRATICAGEM DOS RIOS OCIDENTAIS DA AMAZÔNIA LTDA.
http://www.proamanaus.com.br/

03 - ZP Belém (PA)

Compreende o acesso pelo canal do Quiriri (ou Marajó), ou pelo Canal do Espadarte, no rio Pará, a partir dos pontos de espera de Prático, situados a juzante da extremidade externa do Banco Xingu e Cabeço do Norte e do situado a juzante do Baixo Espadarte até o porto de Belém, fundeadouro do Capim e o Porto de Vila do Conde.
O canal do Quiriri (ou Marajó), considerado facultativo, só se aplica à navios nacionais e estrangeiros que não transportem carga perigosa.
A praticagem nesta ZP é obrigatória, exceto para o trecho considerado facultativo.

* BARRA DO PARÁ – BELÉM – VILA DO CONDE E ADJACÊNCIAS SERVIÇOS DE PRATICAGEM S/C LTDA.
http://www.pratbel.com.br/

04 - ZP Itaqui, Alumar e Ponta da Madeira (MA)

A Zona de Praticagem do Maranhão, que abrange o Porto do Itaqui e os Terminais da Alumar e da Ponta da Madeira, está dividida em dois trechos.
O primeiro trecho está compreendido entre o acesso ao canal varrido, nas proximidades da boia 1 até a boia 19. Os serviços nesse trecho da Zona de Praticagem estão disponíveis ao navegante em caráter facultativo, devendo ser solicitados com antecedência. O segundo trecho dessa Zona de Praticagem está compreendido entre a boia 19 e o Terminais Portuários e Porto do Itaqui . Os serviços nesse trecho da Zona de Praticagem são obrigatórios. Navios com 11 metros ou mais de calado e mais de 100.000 dwt  recebem o prático a cerca de 4 milhas da boia 19. O canal de acesso aos três Terminais possui 55 milhas de extensão e profundidade mínima de 23 metros na baixamar. Devido à grande variação da maré, que pode atingir 7 metros de amplitude, a corrente pode atingir 6 nós de velocidade na Zona de Praticagem obrigatória.

Basicamente, há um Porto e dois Terminais atendidos pela Praticagem.

  1. PORTO DO ITAQUI

Situado a 10 km da cidade de São Luis, dispõe de 8 berços. A amplitude da maré chega a atingir 7 metros nas marés de sizigia.

Cais 100 – profundidade de 15 m – calado máximo de 14,5 m – embarque e desembarque de carga geral, containeres, neogranel  e granel sólido;

Cais 101 – profundidade de 12 m – calado máximo de 11,5 m – embarque e desembarque de carga geral, containeres, neogranel  e granel sólido;

Cais 102 – profundidade de 12 m – calado máximo de 11,5 m – embarque e desembarque de carga geral, containeres, neogranel, GLP  e granel sólido;

Cais 103 – profundidade de 15 m – calado máximo de 14,5 m – embarque e desembarque de carga geral, containeres, neogranel  e granel sólido;

Cais 104 – profundidade de 13 m – calado máximo de 12,5 m – embarque e desembarque de GLP e granel líquido;

Cais 105 – profundidade de 18 m – calado máximo de 17,5 m – embarque e desembarque de carga geral e granel sólido;

Cais 106 – profundidade de 19 m – calado máximo de 18,5 m – embarque e desembarque de granel líquido (derivado de petróleo); e

Cais 108 – profundidade de 15 m – calado máximo de 14,5 m – embarque e desembarque de granel líquido (derivado de petróleo).

  1. TERMINAL MARÍTIMO DA PONTA DA MADEIRA
    Operado pela Vale S/A, possui calado de 25 metros na baixa-mar e pode receber navios de até 420.000 dwt. Faz o carregamento de minério de ferro e outros minérios, basicamente para exportação
  2. TERMINAL da ALUMAR
    Situado a 10 km ao sul do Porto do Itaqui, o acesso é através de canal dragado, que permite a operação de navios com até 10,58 m de calado na preamar e até 85.000 de dwt. Opera as seguintes cargas: descarga de bauxita, carvão, coque, piche e soda cáustica (insumos para a fabricação do alumínio) e carregamento de alumina a granel. As marés com níveis entre -0,30m e 7,10m, nas sizígias, requerem atenção especial.

*

APEM – ASSOCIAÇÃO DOS PRÁTICOS DO ESTADO DO MARANHÃO.
http:// http://www.apem-ma.com.br/

05 - ZP Fortaleza (CE)

Do ponto de espera de prático até a atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.* CEARÁ MARINE PILOTS – EMPRESA DE PRATICAGEM DO ESTADO DO CEARÁ S/C LTDA.
http://www.cearapilots.com.br/

06 - ZP Areia Branca (RN)

Do ponto de espera de prático até a atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.* AREIA BRANCA PILOTS – EMPRESA DE PRATICAGEM LTDA
Email: abpilots@areiabrancanet.com.br

07 - ZP Natal (RN)

Do ponto de espera de prático até a atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.* ASSOCIAÇÃO DOS PRÁTICOS DOS PORTOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
Email: praticagemnatal@ig.com.br

08 - ZP Cabedelo (PB)

Do ponto de espera de prático até a atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.* PRATICAGEM DE CABEDELO S/C LTDA. – CABEDELO PILOTS
E-mail: cabedelopilots@cabedelopilots.com.br

* PRATICAGEM PARAÍBA LTDA.
E-mail: praticagemparaibaltda@ig.com.br

09 - ZP Recife e Suape (PE)

Para Recife a área limitada por uma circunferência de uma milha de raio, com centro no Farolete Sul do quebra-mar sobre o banco do Inglês a qualquer ponto do interior do porto.

Para Suape a partir do alinhamento da ponta do quebra-mar e a ponta do cabo de Santo Agostinho, até o local de atracação.
A praticagem nesta ZP é obrigatória.* PERNAMBUCO PILOTS SOCIEDADE DE PRÁTICOS S/S LTDA
Email: secretaria@pernambucopilots.com.br

10 - ZP Maceió e Terminal da Salgema (AL)

Do ponto de espera de prático até a atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.*
MACEIÓ PILOTS – EMPRESA DE PRATICAGEM DO ESTADO DE ALAGOAS S/C LTDA.
PRATICAGEM DE MACEIÓ LTDA.

11 - ZP Redes e Terminal Portuário de Sergipe - TPS (SE)

Do ponto de espera de prático até a atracação.

A praticagem no porto de Redes é obrigatória e facultativa no TPS.* PRATICAGEM DE SERGIPE – SERVIÇOS DE PRATICAGEM DO ESTADO DE SERGIPE S/C LTDA.
E-mail: apes@infonet.com.br

12 - ZP Salvador, Aratú, São Roque, Usiba, Dow Química e Temadre (BA)

Do ponto de espera de prático até o local de atracação.

A praticagem é facultativa para as embarcações nacionais e estrangeiras, de qualquer arqueação bruta, que entrem na Baía de Todos os Santos em demanda ao fundeadouro de Monte Serrat ou que suspendam desse fundeadouro para sair em direção a barra.
A praticagem é obrigatória nos terminais de Aratu, São Roque, Usiba, Dow Química e TEMADRE.* SALVADOR PILOTS – SERVIÇOS DE PRATICAGEM DOS PORTOS DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS S/C LTDA.
http://www.bahiapilots.com.br
http://www.salvadorpilots.com.br

13 - ZP Ilhéus (BA)

Dos pontos de espera de prático até os locais de atracação.

A praticagem nesta ZP é facultativa.* ILHÉUS MARINE PILOTS – SERVIÇOS DE PRATICAGEM DO PORTO DE ILHÉUS S/C LTDA.
E-mail: ilheusmarine@maxnet.com.br

14 - ZP Vitória, Tubarão, Praia Mole, Barra do Riacho e Ubú (ES)

A praticagem nesta ZP é obrigatória.

a) Vitória, Tubarão e Praia Mole
Área compreendida entre os alinhamentos do meridiano 040o 14′ 00″W e paralelo 20o 20′ 00″S para o interior até os locais de atracação.

b) Barra do Riacho
Do ponto de espera de prático até o local de atracação.

c) Ubú
Do ponto de espera de prático até o local de atracação.

* PRATICAGEM DO ESPÍRITO SANTO S/C LTDA
http://www.praticagem.org.br

15 - ZP Rio, Niterói, Sepetiba, Ilha Guaíba, Ilha Grande (Tebig) e Angra dos Reis - Forno

a) Rio de Janeiro e Niterói
Dos alinhamentos da ponta de Copacabana com a Ilha do Pai, Ilha do Pai – Ilha da Mãe e ponta de Itaipu para o interior da Baía de Guanabara.
A praticagem nos portos e terminais desse trecho é facultativa.

b) Sepetiba, Ilha Guaíba, Ilha Grande (TEBIG) e Angra dos Reis
Pela entrada Leste, do alinhamento entre a Ilha das Palmas e a Ponta Grossa da Marambaia para o interior das Baías de Sepetiba e da Ilha Grande.
Pela entrada Oeste, do alinhamento entre a Ilha Deserta e o Lago do Jerônimo, para o interior da Baía da Ilha Grande.
A praticagem nos portos e terminais desse trecho é obrigatória.

c) Forno
Do alinhamento da Ilha dos Porcos com a parte central da Ilha de Cabo Frio até o local de atracação.
A praticagem no porto desse trecho é obrigatória.

* PRATICAGEM RIO DE JANEIRO
http://praticagemrio.com.br/

* ATALAIAS ESTADO DO RIO DE JANEIRO.
http://www.praticagem-rj.com.br/

16 - ZP Santos, São Sebastião e Tebar (SP)

A praticagem nesta ZP é obrigatória.

a) Santos
Do paralelo 24o 00′ 33″S até o local de atracação, excetuando o fundeadouro no 4.

b) São Sebastião e Tebar
– Pela entrada Norte
Da interseção do Canal de São Sebastião com o alinhamento dos pontos de coordenadas Lat. = 23o 43′ 18″S, Long. = 045o 20′ 12″W e Lat. = 23o 43′ 00″S, Long. = 045o 21′ 18″W até os locais de atracação.
– Pela entrada Sul
Da interseção do Canal de São Sebastião com o alinhamento dos pontos de coordenadas Lat. = 23o 53′ 36″S, Long. = 045o 28′ 00″W e Lat. = 23o 52′ 42″S, Long. = 045o 29′ 00″W até os locais de atracação.

* PRÁTICOS – SERVIÇOS DE PRATICAGEM DO PORTO DE SANTOS E BAIXADA SANTISTA S/C LTDA.
http://www.santospilots.com.br/

* SERVIÇOS DE PRATICAGEM DO CANAL E PORTO DE SÃO SEBASTIÃO S/C LTDA.
E-mail: praticagem@uol.com.br

17 - ZP Paranaguá e Antonina (PR)

Do ponto de espera de prático, demandando os portos pelo canais Sueste ou da Galheta até os locais de atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.* PARANAGUÁ PILOTS – SERVIÇOS DE PRATICAGEM S/C LTDA.
http://www.paranaguapilots.com.br

18 - ZP S.F. do Sul, Itajaí, Shell, Dow Química/Liquigás e Imbituba (PR)

Do ponto de espera de prático até o local de atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória, com exceção de Imbituba.* ITAJAÍ PRÁTICOS SERVIÇOS DE PRATICAGEM S/C LTDA.
E-mail: itjpilot@zaz.com.br

* IMBITUBA PILOTS – SERVIÇO DE PRATICAGEM S/C LTDA
E-mail.: imbpilot@terra.com.br

* SÃO FRANCISCO PILOTS – EMPRESA DE PRATICAGEM DA BARRA E PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL S/C LTDA.
http://www.praticagemsaofrancisco.com.br/

19 - ZP Rio Grande (RS)

Do ponto de espera de prático até o local de atracação.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.* PRÁTICOS DA BARRA DO RIO GRANDE LTDA.
http://www.praticagemriogrande.com.br/
http://twitter.com/riograndepilots
http://www.facebook.com/rgpilots

20 - ZP Lagoa do Patos e Portos Interiores (RS)

Do ponto de espera de prático até a atracação nos portos de Pelotas e Porto Alegre e nos terminais Santa Clara, Canoas/TERGASUL e demais portos interiores.

A praticagem nesta ZP é obrigatória.* PRATICAGEM DA LAGOA DOS PATOS, RIOS, PORTOS E TERMINAIS INTERIORES S/C LTDA.
http://www.lagoadospatos.com.br/

21 - ZP Itajaí, Shell, Dow Química e Liquigás (SC)

A praticagem nesta ZP é obrigatória do ponto de espera de Prático, demandando os portos de Itajaí, Navegantes, Terminais da Shell, Dow Química, Liquigás, BRASKARNE, e demais terminais no interior do Rio Itajaí-Açu (SC) até o local de atracação.

A Praticagem em Itajaí iniciou seus trabalhos na década de 40, quando o prático Manoel Ezidro “abriu” o Porto com o Navio Trópicos. Nessa época, a Praticagem se denominava serviço de Praticagem da Barra e Porto de Itajaí Ltda., até 1985, quando foi criada a Associação de Práticos dos Portos de Itajaí. Em 1997 foi sucedida pela Itajaí Práticos Serviço de Praticagem S/C Ltda., que inicialmente contava com três Práticos e três Praticantes de Prático, que em 1998 tornaram-se Práticos.

* PRATICAGEM EM ITAJAÍ
http://www.itajaipraticos.com.br

22 - ZP Imbituba (SC)

A praticagem nesta ZP é obrigatória do ponto de espera de prático até o local de atracação.