NOVA DIREÇÃO NA DIRETORIA DE PORTOS E COSTAS DA MARINHA

Representante da Autoridade Marítima para a segu­ran­ça do trá­fe­go aqua­viá­rio, a Diretoria de Portos e Costas (DPC) da Marinha do Brasil tem um novo dire­tor. Assumiu o car­go o Vice-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira, recém-pro­mo­vi­do ao pos­to. O Vice-Almirante Roberto Gondim Carneiro da Cunha, ex-dire­tor, foi trans­fe­ri­do para a reser­va remu­ne­ra­da.

O Vice-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira tem 54 anos e é natu­ral do Estado do Rio de Janeiro. Ele esta­va no car­go de Diretor de Aeronáutica da Marinha e tem lon­ga car­rei­ra na ins­ti­tui­ção, sen­do decla­ra­do Guarda-Marinha em 1987.

Após a for­ma­ção na Escola Naval, fez o Curso de Aperfeiçoamento de Aviação para Oficiais, ten­do 2.434,6 horas de voo. Tem MBA em Gestão Empresarial pelo Coppead/UFRJ e em Política e Defesa pelo Ibmec, além de outros cur­sos na Escola de Guerra Naval, na Comissão Nacional de Energia Nuclear, na Escola Superior de Guerra e na Universidade de Brasília (UnB).

Por cau­sa da pan­de­mia da Covid-19, a cerimô­nia de trans­mis­são de car­go foi rea­li­za­da, no dia 17 de abril, de for­ma res­tri­ta, mas con­tou com a pre­sen­ça do Diretor-Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Marcelo Francisco Campos, ao qual a DPC é subor­di­na­da.

NOVA DIREÇÃO NA DIRETORIA DE PORTOS E COSTAS DA MARINHA

Foto: Comunicação Social/DPC