Praticagem do Rio de Janeiro Resgata Náufragos na Baía de Guanabara

Por volta das 22h20min, do dia 14 de fevereiro, a Praticagem do Rio de Janeiro foi contatada pelo Rebocador Far Star informando que ocorria um naufrágio próximo à sua posição à noroeste da Ponte Costa e Silva na Baía de Guanabara, solicitando ajuda para resgatar 12 pescadores no mar. A Praticagem do Rio de Janeiro, mantendo uma sólida estrutura logística, funciona 24h por dia, sete dias por semana, estando habilitada a prestar os primeiros socorros no mar em casos de emergência, além da atividade fim de transportar os Práticos para auxiliarem os Comandantes dos navios nas manobras de atracação nos terminais e portos do Estado do Rio de Janeiro. Primeira a chegar no local, a lancha de Praticagem Pilot 9 respondeu prontamente ao chamado se dirigindo imediatamente para a área, resgatando 10 dos 12 náufragos. Dois deles conseguiram nadar até o Rebocador Far Star. Com a chegada da lancha da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, 3 dos pescadores foram levados para a Capitania. Além dos náufragos, os tripulantes da Pilot 9 também prestaram depoimentos na Capitania e foram liberados.

Nova diretoria do CONAPRA toma posse em solenidade no Rio de Janeiro

 

A Praticagem e a Meritocracia por Almirante de Esquadra Luiz Fernando PALMER Fonseca from Nivea Francisco on Vimeo.

Manter o compromisso e parceria com os diversos atores da Comunidade Marítima em prol de mais qualidade, eficiência e segurança na operação de navios nos portos e vias navegáveis do Brasil. Assim definiu sua missão para o próximo biênio de mandato, o Diretor-Presidente reeleito do Conselho Nacional de Praticagem (CONAPRA), Gustavo Martins, em cerimônia de posse da nova diretoria, realizada na noite desta quinta-feira (9/2), no Rio de Janeiro. Também foram empossados os diretores João Bosco de Brito Vasconcelos, Marcos Vinícius Carneiro Gondim, Porthos Augusto de Lima Filho e Vitor Cabral Turra, além dos conselheiros fiscais Alexandre Koji Takimoto, Everton Schmidt e Johann Hutzler.

Em seu discurso de posse, o Diretor-Presidente elencou as principais realizações dos últimos dois anos de mandato. Entre elas, o alcance da marca de 100% de itens de Praticagem homologados, correspondendo a 35 atalaias, 123 lanchas de prático, 33 de apoio e 519 aquaviários tripulantes de lanchas. Destaque para o treinamento de 230 Praticantes e alinhamento intensivo de Práticos com modelos tripulados em centros de excelência internacionais, garantindo assim o aprimoramento contínuo do serviço de Praticagem brasileira, em consonância com as melhores práticas no resto do mundo. Essa iniciativa colaborou diretamente para a segurança da navegação e êxito nas 36 mil manobras realizadas no período.

A presença constante de representantes da Praticagem em eventos, seminários e audiências públicas também foi destacada. Foram realizados dois Encontros Nacionais de Praticagem, em Brasília (2015) e Fortaleza (2016), bem como assinatura de protocolo de cooperação com a Universidade de São Paulo (USP), além de contatos com diversas entidades do poder público e privado. O objetivo foi manter um canal de diálogo permanente para colocar em pauta assuntos ligados ao serviço de Praticagem, à eficiência e segurança da navegação, esclarecimentos à comunidade marítima e sociedade em geral, bem como fortalecer ainda mais a visão da categoria sobre a importância da Praticagem para a economia do Brasil.

“Buscamos criar um ambiente adequado para discussões de melhorias do modelo de regulação dos serviços. Acreditamos que o debate, quando desprovido de pressões comerciais e políticas, permitirá a identificação do modelo que trará mais vantagens ao país. Ainda temos um longo caminho a frente. E a minha recondução ao cargo, por decisão de meus colegas práticos, indica que podemos manter os mesmos compromissos para os próximos dois anos. A Praticagem do Brasil permanece no rumo certo˜, finaliza Gustavo Martins.

A solenidade de posse contou ainda com a presença do Deputado Federal do PSDB-PR, Luiz Carlos Hauly, do Almirante-de-Esquadra, Paulo Cezar de Quadros Küster, do Secretário-Geral da Marinha e Almirante-de-Esquadra, Liseo Zampronio, do Diretor da Procuradoria Especial da Marinha Vice-Almirante, Domingos Savio Almeida Nogueira, do Chefe de Gabinete do Comandante da Marinha Vice-Almirante, José Augusto Vieira da Cunha Menezes, do Presidente da ATP Vice-Almirante, Murillo de Moraes Rego Corrêa Barbosa, do Diretor da ANTAQ, Fernando José de Pádua Costa Fonseca, do Presidente da Federação Nacional dos Práticos (Fenapráticos), Otavio Fragoso, e do Vice-Presidente da International Maritime Pilots Association(IMPA), Ricardo Falcão. Também estiveram presentes representantes do CIAGA, SYNDARMA, Primeiro Distrito Naval, diretoria de Portos e Costas, além de práticos das mais diversas ZPs do país.

A Praticagem e a Meritocracia por Almirante de Esquadra Luiz Fernando PALMER Fonseca from Nivea Francisco on Vimeo.

Fórum de Discussões Hidroviárias e Portuárias, em Curitiba,PR. Portos necessitam de planejamento estratégico, investimentos antecipados e foco na formação de especialistas, defende Diretor-Presidente do CONAPRA