Almirante Alipio Jorge assume Comando da Escola Superior de Guerra

O General Schons passou o Comando da Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro, ao Almirante Alipio Jorge. A cerimônia, realizada na sede da unidade, na Urca, na última quarta-feira (3/4), foi prestigiada pela Praticagem do Brasil.

O evento foi concorrido e teve as presenças do Ministro de Estado da Defesa, Fernando Azevedo e Silva; do Secretário-Geral do Ministério, Almirante Garnier; do Assessor Especial do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, General Villas Bôas; do Comandante da Marinha, Almirante Ilques; e do Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro Bermudez.

Natural do Rio de Janeiro, Almirante Alipio Jorge deixou o Comando em Chefe da Esquadra no último dia 25 de março. Ele foi promovido ao posto de Almirante de Esquadra em novembro de 2018.

O Ministro da Defesa saudou a sua chegada no Comando e enalteceu a contribuição do General Schons na projeção nacional e internacional da Escola, além do fortalecimento do seu campus em Brasília.

Também estiveram presentes na solenidade: antigos Comandantes da ESG; o Diretor de Portos e Costas da Marinha, Almirante Roberto; o Juiz-Presidente do Tribunal Marítimo, Almirante Lima Filho; o Presidente do Centro dos Capitães da Marinha Mercante, Comandante Alvaro; entre outras autoridades federais, estaduais, municipais e das Forças Armadas.

Sobre a ESG

A Escola Superior de Guerra é um centro acadêmico de excelência ligado ao Ministério da Defesa, voltada à preparação de civis e militares para ocupar funções no campo da Defesa Nacional. Seu Comando é exercido, alternadamente, por Oficiais-Generais das três Forças.

A Escola foi criada em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, e passou a contar com a participação de civis já em 1951. Em 2011, houve a criação do campus Brasília, reaproximando a unidade do centro político-administrativo do país. Em 22 de março, o General Vendramin assumiu o comando do núcleo federal da ESG.