Diretor Técnico do Conapra detalha projetos para 2019

No primeiro dia do 42º Encontro Nacional de Praticagem, em Foz do Iguaçu, o Diretor Técnico do Conapra, Prático Porthos Lima, fez um balanço das iniciativas do Conselho Técnico ao longo de 2018 e antecipou alguns projetos para 2019.

Entre eles, estão um programa regular de treinamento para mestres e marinheiros; um vídeo também voltado aos tripulantes sobre resgate de práticos; e um simpósio com foco em gerenciamento de risco para o primeiro semestre.

O Diretor lembrou de iniciativas realizadas com sucesso este ano, como a elaboração de uma cartilha jurídica aos práticos com orientações principalmente para o caso de acidentes; o curso para operadores de atalaia, com previsão de novas turmas; e o primeiro seminário de hidrografia, que será repetido no segundo semestre.

Além disso, Porthos destacou o uso do aplicativo No Rumo Certo, que permite ao prático informar sobre o estado de arranjos de embarque e desembarque das embarcações o ano inteiro, não somente durante a campanha de segurança da IMPA (Associação Internacional de Práticos Marítimos).

Em 2018, a participação dos profissionais brasileiros na campanha, graças à utilização do App, foi ainda maior, atingindo 25% das contribuições no mundo, contra 22,5% em 2017. Mais uma vez, o Brasil foi o país que mais enviou informações sobre a conservação e instalação desses arranjos.

Outro destaque é o intercâmbio cada vez maior com práticos estrangeiros. Participam do 42º Encontro Nacional de Praticagem práticos de Argentina, Uruguai, México e Portugal. O argentino Daniel Arce contou que, em 2019, a Praticagem do seu país vai implantar um programa de treinamento inspirado no Curso de Atualização para Práticos (ATPR), com ciclos de 100 práticos a cada ano.

– Para que vamos inovar se o Conapra já tem resultados consistentes nessa área? – disse aos colegas brasileiros.

Veja o vídeo apresentado no 42º Encontro Nacional de Praticagem, onde ele mostra a utilização do aplicativo Rumo Certo.