Prático sofre acidente em operação de embarque em Vila Velha (ES)

Um prático da Zona de Praticagem-14, no Espírito Santo, caiu no mar, nesta sexta-feira (26/10), durante operação de embarque para assessorar um comandante na atracação do navio Grande Africa, da Grimaldi. O acidente aconteceu, por volta das 14h, a cinco quilômetros do litoral, ao largo da Praia da Costa, em Vila Velha.

Quando subia a escada de quebra-peito para acessar a embarcação, ela arrebentou em quatro pontos, até que não foi mais possível para o prático ficar pendurado. Ele foi resgatado imediatamente pela lancha de Praticagem que realizava a operação e passa bem. Outro prático foi destacado para assessoria na atracação do navio no Terminal de Vila Velha (TVV-Login), que transportava contêineres, veículos, máquinas e equipamentos industriais. O caso será apurado em inquérito pela Capitania dos Portos.

Operações de transferência de prático são o momento mais perigoso para o profissional, principalmente por problemas encontrados nos arranjos de embarque e desembarque das embarcações. Alguns acidentes são fatais.

A Praticagem do Brasil ocupa a vice-presidência da Associação Internacional de Práticos Marítimos (IMPA), com o Prático Ricardo Falcão. A entidade, à qual o Conapra é filiado, tem como principal preocupação justamente a segurança do prático no embarque e desembarque.

Na última campanha da IMPA, foram relatados 16% de não conformidades por práticos do mundo inteiro que participaram da pesquisa. O Brasil foi o país que mais enviou informações sobre o estado dos arranjos, relatando 18,57% de não conformidades.

O Conapra tem feito um grande esforço para a conscientização do problema. Lançou o app “No Rumo Certo”, que permite ao prático brasileiro mandar informações sobre os equipamentos de embarque e desembarque o ano inteiro, não somente durante a campanha da IMPA. E, também este ano, lançou um vídeo de treinamento sobre as regras dos arranjos e dos procedimentos nas operações de transferência, para que mestres e marinheiros das lanchas de prático possam auxiliá-lo na verificação dos dispositivos. O material foi disponibilizado em três idiomas.

No último Painel Latino-Americano da Associação Internacional dos Armadores Independentes de Navios Petroleiros (Intertanko), o Conselho Técnico do Conapra também mostrou sua preocupação com a conservação e instalação correta dos arranjos, pondo à disposição o vídeo produzido sobre as regras dos mesmos e os dados coletados no aplicativo “No Rumo Certo”.