Praticagem de SP investe em lanchas para a chegada de navios maiores 

A Praticagem de São Paulo continua investindo para melhorar as operações no Porto de Santos e adquiriu duas novas lanchas para embarque e desembarque de Práticos.

Maiores do que as atuais lanchas de barra, as embarcações têm mais estabilidade, potência e autonomia para apoiar as operações de transferência de Práticos em navios maiores em uma área mais afastada do canal do Porto, com mais segurança.

A primeira da série, a São Paulo Pilots I, já está em operação. A São Paulo Pilots II tem previsão de entrega em setembro. Projetadas por uma empresa inglesa referência mundial em Praticagem, as embarcações têm 13,5m de comprimento e 4,5m de largura, com calado máximo de 1,1m. O deslocamento a uma velocidade de cruzeiro é de 23 nós e a autonomia, de 28h no mar. A capacidade é de dois marítimos e seis Práticos. Elas se somam à frota de outras sete lanchas que também atendem a região de São Sebastião.