Praticagem investe em projetos de energia renovável da EFOMM

O apoio da Praticagem do Brasil ao Grêmio de Vela e Remo da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) foi ampliado ao Grêmio de Eficiência Energética da unidade de ensino do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga). Além de contribuir no incentivo ao esporte e a uma mentalidade marítima mais forte entre os jovens, a Praticagem agora investe em projetos de energia renovável que já rendem frutos.

No dia 17 de março, a equipe do Barco Solar, construído pelos alunos do Grêmio, participou da barqueata em homenagem a São José. O evento, organizado pela Paróquia São José da Lagoa em parceria com a Equipe Arariboia da Universidade Federal Fluminense (UFF), aconteceu no Clube Naval Piraquê, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Depois, ocorreu uma regata com barcos solares, vencida pela equipe da EFOMM do Ciaga. A premiação será na Escola Naval nesta quinta-feira (12/4), às 16h.

Criado no segundo semestre de 2017, o Grêmio de Eficiência Energética é um desdobramento do Projeto de Gestão e Eficiência Energética (CON ENERGIA) da Marinha do Brasil, que busca reduzir custos com energia elétrica e inserir a instituição no cenário de modelos mais eficientes e sustentáveis.

O Grêmio também conta com parcerias da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Escola Técnica do Arsenal de Marinha (ETAM). Outros projetos dos alunos são: um carro elétrico e movido a energia solar, uma bicicleta elétrica e a iluminação externa solar do Ciaga.

– Hoje, a Praticagem é fundamental para o desenvolvimento de estudos e projetos. Sem ela, o Barco Solar não teria saído do papel – diz o professor Leonardo Durães, do Ciaga.