Fórum Latino-Americano de Práticos vai para 10ª edição com resultados concretos

O X Fórum Latino-Americano de Práticos será realizado este ano em Montevidéu, no Uruguai, de 29 de setembro a 4 de outubro.

Criado em 2004, durante o XVII Congresso da Associação Internacional de Práticos Marítimos (IMPA), em Istambul, o evento ocorre a cada dois anos e tem alcançado o objetivo de aumentar a troca de informações e experiências entre as Praticagens de cada país, em prol da segurança da navegação. Integram o Fórum Práticos de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela.

Na última edição, em 2017, em Buenos Aires, o Diretor Técnico do Conapra, Prático Porthos Lima, fez uma apresentação sobre o Curso de Atualização para Práticos (ATPR) que teve vários desdobramentos positivos. O programa de capacitação brasileiro é coordenado pelo Conapra por delegação da Autoridade Marítima e atende aos requisitos da Resolução A-960 da IMO (Organização Marítima Internacional).

Desde então, Práticos de México, Argentina e Uruguai assinaram convênios para participação no ATPR. Angolanos já haviam feito o curso entre 2011 e 2014.

Além disso, foi no último Fórum que surgiu a ideia do I Workshop Latino-Americano para Capacitação de Práticos, que aconteceu no Rio de Janeiro, em 2018, ocasião em que colegas estrangeiros puderam conhecer mais a fundo o ATPR para implantação de programas similares ou por meio de convênios com o Brasil.

No fim do ano passado, durante o 42º Encontro Nacional de Praticagem, em Foz do Iguaçu, um Prático argentino anunciou que, este ano, seu país iniciará um programa de treinamento inspirado no modelo de excelência brasileiro. Graças à integração cada vez maior entre as Praticagens, também participaram desse evento Práticos de México e Uruguai, além de Portugal.

Mais informações sobre o Fórum e como se inscrever em http://www.flaprac.org