Regata vai homenagear Prático-Herói em Recife

No próximo dia 11 de maio, será realizada, em Recife (PE), a II Regata Prático Nelcy Campos, uma homenagem ao profissional da Praticagem que evitou uma grande tragédia na cidade em 1985.

Na madrugada de 12 de maio daquele ano, explodiu um dos três tanques do petroleiro “Jatobá”, que estava atracado com 1.500 toneladas de gás de cozinha, a cerca de 300 metros do Parque de Tancagem do Brum. O local armazenava 153 mil metros cúbicos de combustíveis. Os bombeiros resfriaram o tanque por quatro horas, mas não conseguiram apagar as chamas e Nelcy Campos foi chamado às pressas para rebocar o navio para longe do cais.

Na época, técnicos estimaram que, caso o fogo atingisse o Parque do Brum, explosões em cadeia destruiriam cinco bairros num raio de cinco quilômetros, incluindo a residência oficial do Governador. No comando do rebocador “Saveiro”, o Prático conduziu a embarcação a uma distância segura de seis quilômetros da costa, onde as chamas ainda duraram 16 horas.

“Nunca me vi em situação tão difícil e perigosa. Mas pensei na população. Mesmo sabendo que poderia morrer, parti para a operação”, declarou Nelcy na ocasião para a imprensa, que o chamou de herói nas reportagens.

No dia 6 de maio, como parte da programação da regata, o filho do homenageado vai visitar alunos do Colégio Conviver que fizeram um estudo sobre a história. Ele tem o mesmo nome do pai, que morreu em 1990.

– Eu cheguei lá por volta das 4h da manhã, quando meu pai já estava rebocando o “Jatobá” para alto-mar. Primeiro, ele teve que retirar as embarcações que estavam à frente e atrás do navio, com iguais toneladas de gás. Depois, manobrou por meio do Canal do Norte, pouco usado, mas que era a única possibilidade de sair com o navio em linha reta. Ninguém tinha dimensão de tamanho perigo – lembra Nelcy Campos Filho, que tinha 33 anos.

No dia 10, na abertura oficial do evento, o Ex-Governador Roberto Magalhães vai contar a sua experiência no episódio. Ele também foi até o Porto e esperou o Prático após o ato de bravura.

– Foi realmente um risco muito grande que a cidade correu, porque o navio tinha três tanques, só um explodiu e já fez um estrago enorme, contido pelas paredes do armazém. Se os três tivessem explodido, seria um desastre. Isso revela a coragem de todos que lá estiveram e faz justiça às homenagens que o Prático recebe – destaca o então Chefe do Executivo.

A II Regata Prático Nelcy Campos está marcada para as 11h do dia 11 de maio, com largada e chegada no Marco Zero de Recife, onde encontra-se o busto de Nelcy Campos, entregue em 2003.

O evento é uma realização do Cabanga Iate Clube de Pernambuco e da Flotilha Recifense de Veleiros de Oceano (Frevo), com apoio da Praticagem de Pernambuco. Irão participar barcos de quatro classes. A competição vale pontuação para o campeonato da Frevo.

– Será um evento muito bonito, de interação com o público próximo da praia, que, em dado momento, vai poder apreciar os barcos com velas coloridas – diz o Capitão da Frevo, Álvaro da Fonte.