,

“A PRATICAGEM É PARTE DA SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS”

O dire­tor téc­ni­co da Praticagem do Brasil, prá­ti­co Marcio Fausto, foi um dos deba­te­do­res do pai­nel do Sul Export que dis­cu­tiu a for­ma­ção de cor­re­do­res logís­ti­cos e o desen­vol­vi­men­to do aces­so aos por­tos da região. A edi­ção regi­o­nal do Fórum Nacional de Logística e Infraestrutura Portuária (Brasil Export) ocor­reu nos dias 16 e 17 de maio, em Florianópolis, e incluiu uma visi­ta téc­ni­ca ao Porto de Imbituba.

Marcio Fausto defen­deu a impor­tân­cia do pla­ne­ja­men­to por­tuá­rio com base nas reco­men­da­ções da Associação Mundial de Infraestrutura de Transporte Marítimo e res­sal­tou que essa não é a situ­a­ção do Brasil, o que obri­ga a pra­ti­ca­gem a se mobi­li­zar para supe­rar as limi­ta­ções nos portos.

– O aces­so náu­ti­co é onde tudo come­ça e ter­mi­na. O prá­ti­co, quan­do esse aces­so é bem pla­ne­ja­do, com a geo­me­tria favo­rá­vel, é um usuá­rio des­se aces­so. Quando não há pla­ne­ja­men­to, ele é uma víti­ma e aca­ba geren­ci­an­do limi­ta­ções. Não é o ide­al. Esperamos ade­qua­ção dos aces­sos, ou seja, que os pro­je­tos de enge­nha­ria sigam as boas prá­ti­cas inter­na­ci­o­nais, manu­ten­ção do design do canal e agi­li­da­de na cor­re­ção de pro­ble­mas como asso­re­a­men­to, cas­cos soço­bra­dos e sina­li­za­ção ava­ri­a­da. Infelizmente, não é a nos­sa rea­li­da­de. A pra­ti­ca­gem que se adap­ta e pas­sa a ser par­te da solu­ção – afirmou.

Ele citou as ações da pra­ti­ca­gem para mini­mi­zar as imper­fei­ções nos aces­sos ao lon­go da cos­ta e no inte­ri­or dos rios, como par­ti­ci­pa­ção nos estu­dos náu­ti­cos, aná­li­se de jane­las de maré, aqui­si­ção de equi­pa­men­tos por­tá­teis de nave­ga­ção ele­trô­ni­ca (PPUs), trei­na­men­tos no Brasil e no exte­ri­or, ado­ção de simu­la­do­res, entre outras. Essa capa­ci­da­de de inves­tir, dis­se, a fim de garan­tir a segu­ran­ça da nave­ga­ção e a efi­ci­ên­cia por­tuá­ria, é con­sequên­cia do mode­lo de pra­ti­ca­gem bra­si­lei­ro, que é uma ati­vi­da­de pri­va­da bem regu­la­da pela Marinha.

O pai­nel foi apre­sen­ta­do pela dire­to­ra exe­cu­ti­va do Instituto Praticagem do Brasil, Jacqueline Wendpap, con­se­lhei­ra do Sul Export. Na par­te da manhã, o prá­ti­co João Bosco, tam­bém con­se­lhei­ro, foi o apre­sen­ta­dor do pai­nel que deba­teu a con­ces­são dos canais de aces­so de por­tos da região. No dia ante­ri­or, o pre­si­den­te da Praticagem do Brasil, prá­ti­co Ricardo Falcão, este­ve no pal­co da aber­tu­ra do even­to, que teve ain­da na comi­ti­va o secre­tá­rio exe­cu­ti­vo Arionor Souza. O Brasil Export foi pres­ti­gi­a­do pela vice-gover­na­do­ra de Santa Catarina, Daniela Reinehr.